Em encontro promovido pelo Fórum das Federações Representativas das Classes Empresariais de Roraima na tarde da quinta-feira, 31 de outubro de 2019, no auditório do Serviço Social da Indústria-SESI/RR, o Governador Antonio Denarium cumpriu mais uma promessa de campanha e anunciou o aumento do limite do Simples Nacional de R$ 1,8 milhões para R$ 3,6 milhões. 

      Levantamento feito pela Equipe Técnica da Secretaria de Estado da Fazenda - SEFAZ subsidiou o Governador, evidenciando a possibilidade de se oferecer um tratamento ainda mais favorável às micro e pequenas empresas que geram emprego e renda no Estado de Roraima.

     O Governador Antonio Denarium ressaltou o resultado do trabalho dos Técnicos da SEFAZ/RR e reafirmou o seu compromisso de promover um ambiente de negócios com mais formalidade, aumentando o volume de vendas, movimentando a economia, e, por conseguinte, aumentando a arrecadação do Estado. 

     Arrecadação - há expectativa de que o novo limite estimule a formalização das vendas no Estado. “A SEFAZ/RR possui hoje um número de contribuintes que serão alcançados pela ampliação do limite do Simples Nacional e, ao possibilitá-los o ingresso num regime que estabelece tratamento diferenciado, incentiva ainda mais a formalização dos negócios e com isso favorece o crescimento das micro e pequenas empresas, influenciando diretamente no desenvolvimento econômico do Estado pois, além de melhorar e facilitar a arrecadação, vai gerar mais emprego e renda”, afirmou o Secretário Adjunto Manoel Sueide Freitas

     Para o Contador Lisandro Carneiro da Silva, proprietário do Escritório Contadez Assessoria Contábil e que esteve presente no encontro, “a medida do governo vai estimular as empresas a trabalharem dentro da legalidade”. Segundo o contador, todos saem ganhando: “o empresário pelo tratamento tributário unificado, o contador, pela simplificação da escrituração e o fisco, com o aumento da arrecadação”. 

     O aumento do limite para R$ 3,6 milhões entrará em vigor a partir de janeiro de 2020. Para saber mais, consulte o plantão fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda de Roraima.